Voto impresso: maioria dos deputados sergipanos vota “não”


Na noite desta terça-feira, dia 10, a Câmara dos Deputados em Brasília realizou a votação da Proposta de Emenda a Constituição que promoveria a criação do voto impresso aditável a partir do ano que vem. Por não alcançar o mínimo de 308 votos, a medida foi rejeitada e arquivada.


A votação ocorreu após muitos debates durante o dia. Ao final das explanações veio o resultado. Foram 229 votos sim e 218 não e uma abstenção. 64 parlamentares se ausentaram e um não votou.


Entre a bancada sergipana, a maioria votou não, rejeitando a PEC do voto impresso:


- Bosco Costa (PP) – Não

- Fábio Henrique (PDT) – Não

- Fábio Mitidieri (PSD) – Ausente

- Fábio Reis (MDB) – Sim

- Gustinho Ribeiro (SD) – Não

- João Daniel (PT) – Não

- Laércio Oliveira (PP) – Sim

- Valdervan Noventa (PL) – Não



Portal C8 Notícias

Foto: Agência Câmara dos Deputados