UTQ do Huse registra aumento de internamentos


Devido ao alto preço do gás de cozinha, muitas pessoas se utilizam do álcool para acender o fogo e preparar a comida. No entanto, o produto tem alto poder inflamável, podendo causar graves queimaduras. É por isso que a Unidade de Terapia de Queimados do Hospital de Urgência de Sergipe vem registrando aumento de casos.


Segundo dados do Huse, o setor registrou cerca de 60% de aumento de casos de pessoas que se queimaram. De acordo com a Gerente da UTQ do Huse, Wandressa Nascimento, isto vem ocorrendo devido a questão social de muitas famílias. “Muitas pessoas que não têm como ter o botijão de gás acabam utilizando o combustível para acender fogareiros. A maior porcentagem de acidentes é por álcool e fogo, a chama direta. Quando o fogo está baixo muitos acham que vai melhorar colocando mais líquido inflamável. Aí ocorre o sinistro”, comentou.


A gerente lembra que o acidente com álcool e fogo causa vários traumas. “Tanto a parte física quanto a psicológica deixam graves sequelas para a pessoa. Por isso temos um trabalho em conjunto com psicólogos a fim de amparar pacientes antes, durante e depois do procedimento”, lembrou Wandressa.



Portal C8 Notícias

Foto: SES