“Tivemos divergências, mas nunca teve guerra”, afirma Edvaldo


Antes da celebração da Missa dos 167 anos de Aracaju, o Prefeito da capital Edvaldo Nogueira falou ao vivo durante o “Linha Direta”, desta quinta-feira, 17 de Março. Além de falar sobre a importância da celebração, o gestor comentou sobre a repercussão da escolha de Fábio Mitidieri para ser o pré-candidato ao Governo pela situação.


Durante a entrevista feita por Rozendo Aragão, Edvaldo Nogueira foi abraçado pelo próprio Deputado Federal do PSD. Questionado pelo gesto, o prefeito disse que não havia nenhuma inimizade. “Nunca teve guerra. Tivermos algumas divergências e alguns embates. Isso é natural. Éramos dois pretensos candidatos. Coloquei as razões da minha candidatura, com o detalhe de estar á frente nas pesquisas”, recordou Edvaldo.


Perguntado sobre a declaração da última segunda-feira, na inauguração do Terminal do Mercado, onde disse que “foi um erro”, Edvaldo Nogueira afirmou que a declaração também foi dita no grupo. “Não falei aquilo apenas para a imprensa. Durante a reunião e outros momentos disse também. Sou do tipo do politico que fala na presença de todos e não fazer coisas diferentes na presença ou na ausência”, comentou.


Ao final, ele disse que o PDT segue firme no agrupamento em apoio ao indicado pelo Governador Belivaldo Chagas. “Agora sigo trabalhando por Aracaju, mas também trabalhando em prol do bloco. Agora é em busca de construir as demais peças da chapa majoritária e proporcionais", destacou Edvaldo.



Portal C8 Notícias

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA