Sintese é notificado sobre ilegalidade da greve


Na manhã desta quarta-feira, dia 18, o Sindicato dos Professores do Estado de Sergipe, Síntese, foi notificado da decisão do Desembargador Osório de Araújo Ramos Filho. O magistrado decidiu pela ilegalidade a greve sanitária, quando os profissionais não voltariam a sala de aula de forma presencial.


A notificação foi entregue por um oficial de justiça durante um ato dos professores aposentados que aconteceu em frente a Assembleia Legislativa. O ato protestava contra o desconto de 14% de aposentadorias e pensões.


A Presidente do Sintese, Ivonete Cruz, assinou a notificação. Ela disse que a categoria será convocada para uma assembleia, a fim de decidir o que será feito. “Estamos organizando para a tarde desta quinta um encontro para decidir sobre os novos rumos do ato”, declarou.


Em caso de descumprimento, o sindicato poderá pagar multa diária de R$ 40 mil. As aulas foram permitidas de forma presencial na rede pública de ensino nesta terça-feira, dia 17.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom Sintese