Servidores da Saúde farão paralisação no dia 25


Os trabalhadores da Fundação Estadual de Saúde anunciaram a volta dos manifestos e da ameaça de greve a partir da próxima semana. No dia 25 de agosto acontecerá uma paralisação de advertência de 24 horas. A informação foi confirmada dentro do Programa “Linha Direta” desta quarta-feira, dia 18, pelo Presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde de Sergipe, Sintasa, Augusto Couto.


Segundo o representante da categoria, este foi o único meio de pressionar a Secretaria de Estado da Saúde para negociar o acordo coletivo. “Estamos sem reajuste há muitos anos e até antes de nossa assembleia nenhum sinal da gestão. Só na sexta-feira passada que eles sinalizaram para uma conversa, mas teve tempo demais para isso. Vamos continuar mobilizados”, destacou.


No dia 25 o ato será realizado em frente a Secretaria de Estado da Saúde. “Cobramos a finalização do acordo coletivo, reposição salarial, revisão do Plano de Emprego e Remuneração e o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos. Depois de nova assembleia, caso nada tenha sido feito, vamos chegar ao ponto de uma greve por tempo indeterminado”, lembrou Augusto Couto.


Em nota a Secretaria de Estado da Saúde disse que recebeu a notícia da paralisação com surpresa e que está realizando todos os procedimentos. Entre eles o chamamento do Sintasa e demais sindicatos da área de saúde para discussão dos acordos. Uma reunião está agendada para ocorrer no mesmo dia do manifesto dos servidores as 11 da manhã.




Portal C8 Notícias

Foto: Ascom Sintasa