Servidores da Saúde entram em greve por tempo indeterminado


Os servidores da Fundação Estadual da Saúde anunciaram o início da greve por tempo indeterminado. A notícia foi confirmada pelo Presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde de Sergipe (Sintasa), Augusto Couto, durante o Programa “Linha Direta” na manhã desta quinta-feira, dia 15.


Segundo o sindicalista, toa a fundação terá os serviços prejudicados. “Tanto capital como interior participação da greve. É claro, teremos escala para manter o percentual mínimo para não parar o serviço de saúde. Mas desta vez vamos ter que sacrificar o atendimento publico para cobrar direito que é nosso”, destacou.


Durante entrevista Augusto Couto afirmou que não houve acordo para o pagamento correto do salário dos servidores. Para ele, há uma grande disparidade entre salários na fundação. “Queremos entender como tem gente que recebe fortunas. Enquanto isso, tem gente que recebe pouco menos que um salário-mínimo. Isso o Governo não explica e vem a ser incomodo para todos nós”, lamentou.


Na manhã desta quinta os servidores farão ato de protesto em frente ao Palácio de Despachos. Além da questão salarial, os trabalhadores da saúde pedem revisão de outros benefícios, a exemplo do auxílio-alimentação, plano de cargos, carreiras e vencimentos, insalubridade, 30 horas semanais, entre outros tópicos.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom Sintasa