Servidores da saúde encerram greve após notificação judicial


Nesta segunda-feira o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado de Sergipe (SINTASA) decidiram encerrar a greve que foi deflagrada no último dia 15. A Justiça considerou o ato ilegal e foi colocada multa de R$ 10 mil por dia caso continuasse o movimento.


De acordo com Augusto Couto, Presidente do Sindicato, a decisão será cumprida, mas novos atos serão realizados. “Estamos em busca de nossos direitos. Chegou o momento que tivemos que parar. Mas veio a gestão e entrou na Justiça contra nosso movimento. Continuaremos mobilizados, mas de volta as atividades”, destacou.


O sindicalista lembra que há uma década a categoria não recebe o reajuste. Além disto, há 3 anos que estava negociando tratativas com os servidores da Fundação estadual de Saúde, mas nada de encontros para formalizar. “Enviamos ofícios e até o momento nenhum acordo. Já são mais de 3 anos que queremos esse acordo. Temos direito a ticket e aos demais benefícios. Seguiremos mobilizados, mas fazendo o nosso trabalho e cobrando dos gestores algum posicionamento”, pontuou Augusto Couto.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom Sintasa