“Sergipe tem tudo para mostrar potencialidades ao mundo”, diz Presidente da ABIH


Tomou posse na última segunda-feira, dia 04, da Presidência da Associação Brasileira das Indústrias de Hotéis em Sergipe (ABIH) o Professor e Empresário José Wilson. Durante o “Linha Direta” desta quarta-feira, dia 06, ele falou sobre a nova missão e o trabalho de descobrir e divulgar as potencialidades turísticas que o estado tem.


Logo no início o gestor da área de hotéis disse que estava chegando à liderança da Associação em um momento muito importante para o turismo no Brasil. “Vivenciamos este período após a grande pandemia da covid-19. Aos poucos, o setor vem retomando suas atividades. Ainda não estamos no patamar ideal, mas a expectativa é muito grande de que, em breve, estaremos desenvolvendo ainda mais com os visitantes a hospitalidade, coisa tão presente no dia a dia do sergipano”, destacou.


Perguntado sobre a atual ocupação em hotéis de Aracaju, José Wilson reafirmou que é preciso um patamar maior, mas que isso pode ser superado com a retomada de eventos. “Temos vários tipos de turismo, o de lazer, o de recreação, que será retomado com os festejos juninos, e o turismo de negócios. Esta será uma das nossas apostas, pois com a volta das feiras, congressos e seminários, o setor deverá sentir essa melhoria. Todos saem ganhando, em especial a geração de empregos”, alegou.


Ainda sobre a volta dos festejos juninos, a exemplo do Arraiá do Povo e do Forró Caju, o novo líder da ABIH destacou que os eventos serão de fundamental importância para a retomada do turismo em Sergipe. “Sentimos ainda as sequelas da pandemia, mas já é um alento, pois muitos turistas de fora desejam conhecer coisas novas no estado. E esses festejos serão foco central para todo um setor”, comentou.


Outro ponto que o Presidente da Associação de Hotéis lembrou é que Sergipe vem se destacando como crescimento do turismo náutico e de trilhas. “Nós temos divisas com dois rios que é o São Francisco e o Real. No estado temos vários deles, a exemplo do Vaza Barris que vem sendo ponto de roteiros de navegação. Sem contar quem curtem caminhar em serras, cavernas e demais pontos da natureza. Precisamos potencializar isso”, afirmou José Wilson.


Questionado sobre o que falta para Sergipe deslanchar na área de turismo, o líder da ABIH disse que é preciso articular planos para que todo um grupo possa se desenvolver e que o estado em si seja valorizado. “Temos que entrelaçar a gestão com um projeto de divulgação em vários pontos do país e até fora do Brasil. Necessitamos aumentar nossa política de hospitalidade, além de cuidar dos destinos e das pessoas. E fundamental: devemos ter empreendedorismo turístico para aumentar ainda mais. Com tantas belezas, Sergipe tem tudo para mostrar potencialidades ao mundo”, elencou.


Ao final, ele afirmou que outro evento bastante aguardado será a retomada do Pré-Caju, entre os dias 5, 6 e 7 de novembro. “A festividade aquecia nosso setor hoteleiro e nosso comércio no passado. Temos esperança de que voltemos a ter uma grande opção. Isso tudo vai depender da queda da pandemia, mas estamos com muita expectativa”, pontuou o empresário.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom ABIH