Senador diz que vidas poderiam ser salvas com compra de vacinas em 2020


O Programa “Linha Direta” desta sexta-feira, dia 14, repercutiu a fala do Senador Alessandro Vieira do Cidadania. Para o parlamentar, faltou empenho do Governo Federal na compra de doses da vacina da Pfizer.


Durante o interrogatório na CPI, o Senador perguntou ao Presidente da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo, sobre a questão de oferta de doses. Para Alessandro, mesmo sem a aprovação da Anvisa, a vacina poderia ter sido garantida ainda no ano passado. “A realidade do brasileiro que vem sofrendo nessa pandemia poderia ter sido muito diferente. Se a vacinação já fosse aplicada, teríamos a covid-19 sobre controle. Mas o Governo pouco atuou neste ponto”, informou.


Com relação a ida dos filhos do Presidente Bolsonaro aos encontros para definir os passos da pandemia, o Senador lembra que eles e demais participantes poderão ser convocados para depor. “É importante entender como funcionava ou como funciona o Governo e o que que isso impactou no resultado final que a gente tem hoje. Estamos em uma pandemia descontrolada com mais de quatrocentos e trinta mil mortos”, destacou Alessandro Vieira.


Portal C8 Notícias

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado