Saque de até R$ 1 mil do FGTS começa em 20 de abril


Trabalhadores com contas ativas ou inativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vão poder sacar até R$ 1 mil a partir do dia 20 deste mês. Esse dinheiro é um direito do trabalhador com carteira assinada, mas só pode ser sacado em algumas situações específicas, como na demissão sem justa causa, compra da casa própria ou aposentadorias.


Durante o último mês, o governo publicou a Medida Provisória que libera o saque extraordinário. Para realizar o saque desse dinheiro não é preciso solicitar, o dinheiro será disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador no aplicativo “Caixa Tem”. O dinheiro será creditado através da ordem do mês de aniversário do trabalhador.


Caso o beneficiário não tenha uma conta eletrônica, a Caixa Econômica Federal irá abrir uma em nome do trabalhador automaticamente. O saque poderá ser feito por meio digital, através do aplicativo. Após o valor ser creditado na conta poupança social digital, já é possível pagar boletos e contas ou utilizar o cartão de débito virtual e QR Code para realizar compras em estabelecimentos.


Os empregadores têm até o dia 7 de cada mês para fazer os depósitos em contas abertas na Caixa Econômica Federal, em nome dos empregados. O valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário. Para os contratos de trabalhos de aprendizagem, o percentual é reduzido para 2%. Já para os trabalhadores domésticos, o recolhimento é de 11,2%, sendo 8% a título de depósito mensal e 3,2% a título de antecipação do recolhimento rescisório.



Portal C8 Notícias

Foto: Agência Brasil