Rodoviários de empresa paralisam atividades


Desde a madrugada desta sexta-feira os rodoviários do Grupo Progresso decidiram não sair da garagem com os veículos. O ato aconteceu em frente a garagem da empresa na Avenida Marechal, Rondon, no Bairro Capucho.


Segundo os trabalhadores, a empresa não estaria pagando o salário como combinado. Além disto, motoristas e cobradores também estão cobrando vacina contra a covid-19, uma vez que o transporte coletivo segue mesmo com a pandemia.


A Superintendência Municipal de Serviços Urbanos informou que já está monitorando a situação e que já entrou em contato com as demais empresas para darem suporte aos usuários. Cerca de 30% da frota não foi às ruas nas primeiras horas em Aracaju e Região Metropolitana. Com relação a vacinas, a SMTT disse que muitos trabalhadores do serviço de transporte já estão sendo imunizados.


O Sindicato das Empresas de Transporte também emitiu nota. Disse que reconhece a dificuldade de operar o sistema por conta da redução da quantidade de ônibus. Também alerta que o problema de pagamento é devido a crise que atinge também as demais empresas. “Em Aracaju e na região metropolitana, hoje o sistema de transporte está operando com 100% da frota operacional, mas com uma demanda de passageiros de menos de 58% dos que circulavam antes da pandemia. Esse impacto na queda de receita e sem qualquer apoio financeiro ao serviço de transporte que é essencial”, lembra o Setransp.




Portal C8 Notícias

Foto: divulgação/redes sociais