Rodoviários da Progresso voltam ao trabalho


Nas primeiras horas desta quinta-feira, dia 07, os rodoviários que fazem parte do Grupo Progresso voltaram às atividades. Eles estavam em greve desde a última quinta-feira, dia 02, cobrando pagamento de salários, férias, FGTS, entre outros benefícios.


A retomada só acontece após a Justiça considerar a greve ilegal. Além disto, houve a intervenção para que alguns trabalhadores que não aceitavam voltar ao trabalho deixassem de bloquear a porta da empresa. Caso eles continuassem com o movimento, seria emitida multa de R$ 1 mil por dia de paralisação.


A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito e o Ministério Público do Trabalho deram 48 horas para que as empresas Tropical, Progresso e Paraíso pudessem voltar as atividades. Cerca de 127 ônibus deixaram de operar, afetando 38 linhas de Aracaju e região metropolitana.


Esta não foi a primeira paralisação na Progresso. Outras duas greves também já tinham sido realizadas neste ano. Além das empresas, a Viação Modelo também já registrou motoristas e cobradores parados em protesto contra o atraso de salários. Segundo o Sindicato das Empresas do Transporte Público, Setransp, apesar do subsídio criado pela Prefeitura de Aracaju, o sistema de transporte ainda passa por uma crise agravada ainda mais durante a pandemia da covid-19.




Portal C8 Notícias

Foto: Revista do Ônibus/divulgação