Rodoviários da Modelo voltam ao trabalho


Na manha desta sexta-feira, dia 14, os motoristas e cobradores do Grupo Modelo voltaram as atividades. Eles cruzaram os braços nesta quinta-feira, alegando o não pagamento de salários, de parte do 13° e o depósito nas contas do FGTS.


Em nota, divulgada na noite desta quinta-feira pelo Sindicato das Empresas de Transporte Público de Aracaju (Setransp), foi firmado acordo entre os proprietários da empresa e a comissão de servidores. Por conta disto, os rodoviários aceitaram a proposta e retomaram os trabalhos normais.


Em comunicado anterior, a representação dos empresários do transporte alegou que o que a Modelo está passando é uma realidade de várias empresas de Aracaju e de todo o Brasil. “A situação atual de todo o sistema de transporte é de desequilíbrio econômico diante do acúmulo de débitos postergados durante a pandemia; aumento gradativo das despesas, principalmente o combustível; crescimento da utilização de gratuidade sem fonte de custo; queda do número de passageiros que ainda passa dos 40%”, pontuou o Setransp.



Portal C8 Notícias

Foto: Diário do Transporte