“PT pode apresentar nome, mas é preciso diálogo”, diz Iran sobre 2022


Na noite desta segunda-feira, dia 10, o Deputado Estadual do PT, Iran Barbosa, foi entrevistado por Rozendo Aragão dentro do “Cultura News” na WebTV Cultura. Entre os assuntos, o parlamentar destacou a situação atual da pandemia da covid-19 a nível nacional e local e falou do seu posicionamento político para 2022.


Questionado sobre o coronavírus e seu estágio no momento, Iran Barbosa se mostrou bem preocupado com os números que a pandemia vem registrando. Para ele, tudo está sendo agravado devido ao negacionismo do líder maior do país. “Infelizmente o Governo Federal tinha que ser o grande articulador de combate a pandemia, mas vem fazendo todo um discurso de minimização. Isso tem feito repercutir negativamente na população”, lamentou.


Outro ponto que ele chamou a atenção foi sobre a falha na fabricação e distribuição de vacinas. “Lamentavelmente ainda temos 15% da população brasileira que ainda está na primeira dose. É preocupante, enquanto muitos morrem sem ter chance de escapar deste mal”, declarou.


Iran Barbosa também disse que o Governo do Estado, em alguns aspectos, veio a reboque do que o poder federal vem demonstrando. “Sergipe precisa evoluir mais aspectos da pandemia. É fundamental ter uma equipe técnico-cientifica para dar um norte, no entanto é preciso mais representatividade. Da parte dos trabalhadores temos apenas o dos comerciários. Repito: o governo precisa avançar mais sobre esse ponto”, destacou.


Sobre retomada presencial de aulas o parlamentar petista foi cauteloso ao dizer que o Governo tem que se preparar ainda mais. “Apresentei vários requerimentos para agilizar essas melhorias, entre elas a vacinação em massa dos professores e demais servidores da rede pública e particular de ensino. Além disto é necessária a estruturação mínima para funcionamento dos estabelecimentos. Só assim é que podemos, em breve, pensar em voltar as salas de aula”, explicou Iran.


Ao final o parlamentar foi perguntado sobre 2022 e se o PT já estaria definindo o nome do Senador Rogério Carvalho para a chapa majoritária. “No meu caso é preciso ouvir as conversas de grupo. Estou à disposição da sigla. Já sobre Governo eu defendo a tese de que o PT precisa sim apresentar à sociedade possibilidades de disputa. No entanto, é preciso aprofundar dialogo com a sociedade, movimentos sociais, partidos e elaborar um bom programa. Mas para agora nosso foco é salvar vidas e resgatar a dignidade do povo brasileiro”, finalizou o deputado.



Portal C8 Notícias


Foto: Assessoria Parlamentar