Professores de Aracaju decidem não voltar às aulas presenciais


Após a realização de assembleia, o Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Aracaju (Sindipema) decidiu não retornar às aulas presenciais. Segundo último decreto do Governo do Estado, a partir de 13 de setembro está autorizada a retomada do ensino nas escolas da rede pública.


Segundo Adelmo Menezes, Presidente do sindicato, além da falta de condições sanitárias em vários estabelecimentos de ensino, muitos professores e funcionários ainda não receberam a segunda dose da vacina contra a covid-19. “Só poderemos retornar quando todos estiverem vacinados com as duas doses. E sobre a estrutura não tem nenhuma condição para que todos tenham segurança. Tem escolas que não foram adaptadas para receber os alunos”, destacou.


Em nota, a Secretaria de Educação de Aracaju disse que está vacinando os professores e servidores desde o mês de maio. Até setembro a expectativa é que todos estejam imunizados com as 2 doses. Sobre a adaptação dos estabelecimentos de ensino, a gestão afirmou que diversos materiais já foram adquiridos, bem como meios de proteção individual. A Educação de Aracaju disse também que está ocorrendo encontros para formação dos servidores sobre protocolos de higiene e cuidados na orientação escolar.



Portal C8 Notícias

Foto: Jonathan Lins/arquivo