Primeiro caso confirmado de Covid-19 em Sergipe completou dois anos


Há dois anos, foi confirmado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o primeiro caso de Covid-19 no Estado de Sergipe. Tratava-se de uma mulher, residente em Aracaju, com 36 anos, que tinha acabado de retornar da Espanha. Dias antes, a Organização Mundial da Saúde (OMS), tinha elevado o estado de contaminação nos continentes, à pandemia do coronavírus.


Depois disso, o número de casos foi acelerando progressivamente em todo o mundo. Em Sergipe não foi diferente, dados do boletim epidemiológico desta segunda-feira,14, elaborado pela SES, apontam que no estado, desde do início da pandemia, 322.803 pessoas testaram positivo para a doença e 6.288 morreram.


O diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, disse que durante esses 24 meses, foram marcados por acontecimentos como novas variantes, que fizeram com que os números de casos e óbitos chegassem ao pico, em determinados momentos, explica o infectologista.


O controle da doença, segundo o médico, tem relação direta com a vacinação contra a Covid-19. “Isso sem dúvida nenhuma é efeito da vacinação que iniciamos no Estado em 19 de janeiro de 2021.


Como os estudos já mostraram, a vacina não elimina o risco da infecção, mas diminui a carga viral, as formas graves, diminui as chances de internações e óbitos.”, destaca.



Fonte: ASN