Prefeitura vai criar Centro de atendimento para pessoas com síndromes gripais


Para tentar diminuir a demanda por consultas e exames nos hospitais municipais Fernando Franco (Zona Sul) e Nestor Piva (Zona Norte), a Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju vai criar um Centro de Atendimento para pacientes com síndromes gripais . O novo espaço funcionará diariamente, incluindo finais de semana e feriados, das 7h às 19h.


Segundo a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, a nova unidade ofertará serviços como consultas médicas, testagem para detecção da Covid-19, dispensação de medicamentos e leitos de observação. Para os casos mais graves que procurarem o novo Centro, providenciaremos a transferência de forma prioritária para uma de nossas unidades de urgência”, salienta


A unidade contará com uma sala de recepção com capacidade de espera de 30 pacientes simultâneos, um consultório de triagem, um consultório médico, uma farmácia, uma sala de coleta uma sala de administração e uma de observação com sete vagas (dois leitos e cinco poltronas).


Ainda não há data definida para a abertura do Centro, mas a estimativa é de que os atendimentos sejam iniciados até o final deste mês. Neste momento, o prédio que sediará o Centro está em fase de adequação, com a realização de serviços de estruturação da rede elétrica para suportar instalações de splits e demais equipamentos necessários; adequações de hidrossanitários para uma unidade de saúde; pintura geral; revisão de telhado; películas, entre outros.


Atualmente, Aracaju encontra-se na terceira fase do Plano de Contingência da H3N2 na capital, com taxa de infecção de 7,4% e uma média de 937 atendimentos por dia. Até a inauguração do Centro de Atendimento para pacientes cm Síndromes Gripais, a orientação para procurar uma das 45 Unidades Básicas continua.


Fonte: Secom SMS/AJU