Prefeitura reabre Portal da Matrícula Online para vagas remanescentes


Devido as quase 3.685 vagas que ainda não foram preenchidas nos processos anteriores da Matrícula Online 2022 da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Aracaju reabriu o Portal da Matrícula nesta quarta-feira, 2. Desta forma, mães ou responsáveis que ainda buscam matricular seus filhos em uma das 74 escolas mantidas do município, ou jovens e adultos que desejam ingressar na Educação para Jovens e Adultos (EJA), já podem solicitar a sua vaga.



Atualmente, a Secretaria Municipal da Educação de Aracaju (Semed) contabiliza 29.291 alunos matriculados no ano letivo 2022. Para solicitação de vagas remanescentes, a Educação disponibiliza o endereço eletrônico aracaju.se.gov.br/matriculaonline. A partir desta plataforma digital é possível conferir as vagas disponíveis por escola e por bairro. As unidades de ensino onde não há mais vagas, já foram retiradas do portal.


Com o objetivo de oferecer um maior suporte às mães ou responsáveis legais que tenham dúvidas sobre este processo, a Prefeitura de Aracaju e a Semed disponibiliza uma Central de Atendimento da Matrícula Online, serviço voltado à orientação e ao melhor aproveitamento do sistema durante todo o período de matrículas. A equipe está atendendo o público para sanar dúvidas e oferecer mais informações através dos telefones 79 3179-1538 ou 3179-1574, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h; ou via WhatsApp, pelo 79 98106-2969, das 7h às 17h.


Início das aulas


O início das aulas da rede municipal de ensino para o ano letivo 2022 está marcado para o dia 7 de fevereiro. Nesta semana, a qual antecede o início do ano letivo, professores e educadores estão envolvidos em atividades de de capacitação, recebendo orientações pedagógicas e de tomadas de medidas relacionadas aos cuidados com a pandemia, durante a Jornada Pedagógica 2022.


Além deste evento, a Educação de Aracaju vem preparando uma série de ações para iniciar este ano letivo com segurança, garantir a qualidade da aprendizagem dos alunos e oferecer o acolhimento adequado a toda a comunidade escolar, a exemplo da entrega de pacotes de absorventes higiênicos às pessoas que menstruam, a partir do Projeto Florir.


Fonte: AAN