Prefeitura não realizará festas de Carnaval


O Prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira disse que a capital, por mais um ano, não vai realizar ou dar apoio às festividades do Carnaval. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira, dia 13, durante a realização de reunião do Comitê de Operações Emergenciais. O motivo é por conta do aumento de casos da covid-19 e também da gripe H3N2.


Seguindo o que ficou definido no encontro, blocos carnavalescos, eventos públicos de pré-carnaval, carnaval e similares não serão permitidos, como forma de controle da pandemia. “É mais uma medida de controle da disseminação do vírus em nossa cidade, a partir dos dados epidemiológicos e do comportamento da doença, levando em consideração a disseminação da variante ômicron no país e sua presença em nossa cidade” detalhou Edvaldo.


Ele ainda disse que apesar de Aracaju não ter a mesma tradição da Festa de Momo, a exemplo de Salvador e Recife, mas terá todas as medidas para se evitar festejos com aglomerações. “Tínhamos blocos nos bairros e prévias carnavalescas em algumas localidades com alguma tradição, de modo que decidimos por não autorizar este tipo de festividade uma vez que enfrentamos um momento de aumento da doença”, afirmou o prefeito.


Segundo boletim apresentado no comitê, houve aumento na média de casos novos, considerando os últimos 14 dias. Atualmente a média diária está em 16,5 casos. Duas semanas atrás eram 4,7 casos por dia. A positividade dos exames está em 7,5%, sendo que duas semanas atrás era de 1%. A média diária de internamentos subiu de sete casos/dia para dez casos/dia entre a primeira e a segunda semana de 2022. Não houve variação do número de óbitos.



Portal C8 Notícias

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA