Policia realiza operação contra narcotráfico


Na manhã desta sexta-feira, dia 16, a Policia Civil realizou a “Operação Loftus” nas cidades de Aracaju, Barra dos Coqueiros, Malhada dos Bois, Propriá e Nossa Senhora do Socorro. O objetivo é desarticular uma organização criminosa voltada ao narcotráfico, com ramificações em todo o estado.


A investigação contou com apoio essencial de unidades especializadas da Polícia Civil e Polícia Militar em São Cristóvão e Barra dos Coqueiros e durou cerca de três meses. e o que possibilitou a qualificação e localização de diversos suspeitos. foi desencadeada para expôr toda a estrutura da organização criminosa, com elementos probatórios contra investigados socialmente bem relacionados e donos de empresas e negócios aparentemente lícitos. Apenas as investigações técnicas e profissionais poderiam desvendar a atuação criminosa com negócios de fachada e ações violentas.


A Policia descobriu uma organização criminosa consolidada e foram identificadas pessoas como suspeitas de integrar o grupo. A organização funcionava com alta profissionalização, inclusive utilizando-se de roupas policiais para executar traficantes rivais no tráfico de drogas.

Segundo o delegado Wilkson Vasco, os integrantes comandavam o tráfico de drogas em várias cidades e tinham o domínio por completo na cidade da Barra dos Coqueiros, onde exerciam sua influência com maior força. O grupo aterrorizava a população através do medo, por homicídio com uso de arma de fogo.


A Polícia Civil emitiu dezenas de mandados de prisão e busca a apreensão, cumpridos na madrugada desta sexta feira. Parte das buscas foi realizada em uma autoescola na avenida principal da Barra dos Coqueiros. O proprietário foi preso em flagrante, com drogas. As investigações descobriram que ele e um funcionário falsificavam Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) para integrantes da organização criminosa a fim de que eles possam fugir da persecução penal, usando nomes falsos para não serem presos por seus mandados de prisão em aberto.


A operação foi batizada de Loftus devido a teoria da psicóloga Elizabeth Loftus, considerada uma das mais importantes do século XX. Ela tem uma série de trabalhos sobre como as pessoas processam as informações e suas memórias, podendo acreditar em algo que não é verdade. Em breve síntese, sua famosa frase expõe a tese: “Algo em que acreditamos piamente não é necessariamente verdade".



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom SSP