Policia Federal deflagra operação em Sergipe


A Policia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira, dia 28, a “Operação Palude”. O objetivo é coletar provas para investigação que apura possível atuação de organização criminosa, responsável por desvio de recursos públicos destinados ao enfrentamento do Coronavírus em Pacatuba, na região norte do estado, no ano passado.


Além da Polícia Federal, a Controladoria-Geral da União também atuou na operação. A suspeita é que, para realizar a aquisição de produtos, houve acordo entre empresas fornecedoras, além de superfaturamento. O valor apurado pela CGU passa de R$ 1 milhão. O repasse para Pacatuba para o combate a covid-19 foi de R$ 1.640.000,00.


A 9ª Vara da Justiça Federal em Sergipe foi a responsável pela expedição de 23 mandados de busca e apreensão. Além de Pacatuba, foram cumpridos também em Aracaju, Cedro de São João, Nossa Senhora da Glória, Propriá, Carira e Japoatã em Sergipe, além de União dos Palmares, Satuba, Boca da Mata e Maceió em Alagoas. Os envolvidos podem responder pela prática de corrupção passiva, corrupção ativa, dispensa indevida de licitação, fraude à licitação, organização criminosa e lavagem de dinheiro.


Até o começo da tarde agentes da Policia Federal e Controladoria-Geral da União devem dar mais informações sobre o trabalho de investigação. O nome “Operação Palude” faz referência da região onde está Pacatuba, conhecida como o “pantanal sergipano”.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom/Policia Federal