Policia alagoana indicia motorista do ônibus de Devinho por homicídio culposo


O motorista que conduzia o ônibus do cantor Devinho Novaes e sua banda foi indiciado por homicídio culposo, no inquérito da Polícia Civil alagoana que investigou o acidente que aconteceu no dia 31 de janeiro, e levou a morte do saxofonista Claudio Douglas do Santos, 34 anos.




Segundo o delegado do 86º Distrito Policial, de São Sebastião, em Alagoas, Renivaldo Batista, o inquérito será enviado à Justiça.


Classifica-se Crime Culposo pela imprudência, imperícia e negligência, com pena de detenção, e suspensão ou proibição de se obter permissão ou habilitação para dirigir veículo automotor”, explicou o delegado.



Com informações da Polícia Civil de Alagoas

Foto: redes sociais