Polícia Federal solicita prazo para concluir inquérito do caso Genivaldo


Na manhã desta terça-feira, dia 21, a Polícia Federal, por meio da assessoria de comunicação, emitiu nota, solicitando ao Ministério Público Federal mais prazo para o inquérito do caso Genivaldo de Jesus. Ele morreu, após uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal no dia 25 de maio às margens da BR-101 na cidade de Umbaúba, na região sul do estado.


Segundo a Policia Federal, o prazo solicitado foi de mais 30 dias para a conclusão do inquérito. O pedido tem “o objetivo de aguardar a apresentação de laudos periciais requisitados, os quais são indispensáveis para a finalização do procedimento investigatório”, destacou a instituição.


Enquanto isso os 3 agentes envolvidos na ação seguem afastados do trabalho. A equipe de advogados da família de Genivaldo solicitou a prisão preventiva deles, mas foi negado pela Justiça. Na semana passada a Comissão de Direitos Humanos do Senado esteve presente em Aracaju e Umbaúba, a fim de acompanhar o caso.




Portal C8 Notícias

Foto: Polícia Federal