Polícia Federal realiza “Operação Transparência”


Na manhã desta terça-feira, dia 22, a Polícia Federal em Sergipe realiza a “Operação Transparência”. O trabalho visa investigar supostas irregularidades de contratações e dispensa de licitações promovidas pela Secretaria de Estado da Saúde e financiadas com verbas federais.


Os atos contratuais foram celebrados no ano passado e envolvem a compra de diversos produtos, desde máscaras até a locação de containers instalados em unidades de saúde de Sergipe. Também está sendo investigado a relação de fornecimento e alimentação parental para pacientes em unidades hospitalares.


Durante o trabalho investigatório, a Polícia Federal identificou supostas irregularidades nos procedimentos, a exemplo de ausência de fundamentação para aquisição de itens, falta de competitividade, sobrepreço e superdimensionamento do objeto contrato. O montante é de pouco mais de R$ 4 milhões e parte da verba serviu para o combate a covid-19.


Foram emitidos 20 mandados de busca e apreensão em Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Propriá em Sergipe, além de São Paulo. O trabalho conta com 72 agentes da Polícia Federal e 6 auditores da Controladoria-Geral da União. Uma coletiva está sendo organizada agora pela manhã para dar todos os detalhes da operação.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom / PF Sergipe