Polícia Federal realiza operação contra fraude de benefícios


Na manhã desta quarta-feira, dia 03, a Polícia Federal em Sergipe desencadeou a “Operação Impostores II”. O objetivo de coletar provas para investigação que apura falsificação de documentos para a criação de pessoas fictícias e obtenção indevida de benefícios assistenciais para supostos idosos.


O trabalho foi realizado no município de Japoatã, na região norte do estado. A ação policial contou com apoio do Núcleo Regional da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista de Sergipe. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 9ª Vara da Justiça Federal em Sergipe.


Os investigados realizavam a falsificação de documentos para a criação de pessoas fictícias e obtenção indevida de benefícios assistenciais, com "idosos de aluguel" e fabricação de identidades falsas e outros documentos em nome de pessoas inexistentes. Eles responderão por falsificação de documentos públicos, falsidade ideológica, uso de documentos falsos e estelionato majorado.


A Operação Impostores foi iniciada em dezembro do ano passado. Segundo nova apuração da Polícia Federal, os prejuízos causados a Previdência Social devem chegar a quase R$ 260 mil. Com a operação, mais de R$ 390 mil devem deixar de ir indevidamente para a conta dos suspeitos.




Portal C8 Notícias

Foto: Agência Brasil