Polícia Civil prende em SP investigado por roubo e associação criminosa em SE


Uma equipe da Delegacia Regional de Propriá, com o apoio da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva contra um investigado por praticar roubo com uso de arma de fogo e integrar uma associação criminosa em Sergipe. A prisão ocorreu na cidade de São Paulo (SP) na manhã desta terça-feira (21).

A prisão é decorrente das investigações que tiveram início após um roubo praticado por criminosos armados a uma loja de aparelhos eletrônicos na cidade de Propriá no mês de maio deste ano.

Segundo os delegados Ruidiney Nunes e Fábio Alan, a prisão é um desdobramento da operação deflagrada em Propriá e Aracaju, no dia 2 de dezembro, que resultou no cumprimento de seis mandados de prisão preventiva e na apreensão de, aproximadamente, 100 kg de drogas.

O preso integrava uma associação criminosa da região do Baixo São Francisco, que atuava principalmente no roubo de motocicletas e celulares. O delegado Ruidiney Nunes, que coordenou a equipe na cidade de São Paulo (SP), informou que o suspeito estava residindo no Bairro de Cambuci, há cinco meses, com a esposa e um filho.

O suspeito fugiu para a capital paulista após José Augusto, conhecido como “Gugu”, que integrava a mesma associação criminosa, morrer após confronto com equipes da Delegacia Regional de Propriá, em julho deste ano, durante o cumprimento de mandado de prisão preventiva.

O preso será apresentado ao Poder Judiciário paulista, onde será iniciado o procedimento burocrático para realização de seu recambiamento para Sergipe, que deve ser efetuado até o fim desta semana pela equipe policial.


Portal C8 Notícias

Fonte e Foto / SSP