Padre Diógenes fala sobre colisão com carro de delegado


Na tarde desta sexta-feira, dia 10, o Padre Diógenes Rodrigo Rodrigues, da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário em Rosário do Catete, conversou com a reportagem do Portal C8 Notícias. Ele comentou sobre a notícia de uma colisão envolvendo o veiculo dele e o carro da Polícia Civil. O fato aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 09 na rodovia SE-431 entre Rosário e Maruim.


Segundo o Padre, ele vinha do aniversário de 10 anos de sacerdócio do Padre Rodrigo em Maruim, quando retornou para Rosário por uma via cheia de curvas. “Ao passar em uma delas, por sinal bem fechada, acabei perdendo o controle e colidindo lateralmente com o veículo. Como nunca passei por isso, fiquei um tanto nervoso e segui em frente”, detalhou.


Padre Diógenes afirmou que evitou comentar sobre a ocorrência para não causar alarme na população. “Procurei não tocar no assunto no começo, mas assumo que isso ocorreu. Ficamos em estado de choque quando ocorre uma colisão. Mas tudo vai sendo esclarecido aos poucos”, comentou.


Ao final, o pároco de Rosário do Catete disse que já prestou esclarecimentos na Delegacia da cidade e também fez um boletim de ocorrência. “Estamos à disposição caso seja necessário mais um depoimento. Mais uma vez assumo o que fiz e espero que tudo se resolva em breve”, explicou.


Após a colisão, a Secretaria de Segurança Pública chegou a relacionar o fato a uma tentativa de atentado contra o Delegado de Capela, Wanderson Bastos, que já sofreu outras ameaças. Além dele, outro policial estava no veículo. “Sobre esta questão, não procede. Não tinha a intenção de atingir ninguém. Apenas ocorreu o acidente”, lembrou Padre Diógenes.



Portal C8 Notícias

Foto: arquivo pessoal/divulgação