“O pensamento é Federal, mas o Senado não está descartado”, diz Emília


A Vereadora e Líder da Oposição na Câmara de Vereadores de Aracaju, Emília Correa, do Patriotas falou sobre proposituras, resumo de 2021 no parlamento, possível troca de partido e o seu futuro em 2022. A parlamentar foi entrevistada durante o Programa “Linha Direta” desta quinta-feira, dia 16.


Emília Correa iniciou a sua fala comentando sobre as proposituras apresentadas por ela durante o ano parlamentar. Para ela, muito foi feito, mas algumas medidas não foram acatadas pelo Poder Executivo. “Entre os pedidos a questão de um novo cemitério para Aracaju. A cidade já precisa de um novo empreendimento para o sepultamento da população. Lamentavelmente foi retirada da discussão”, destacou.


No entendimento da parlamentar da oposição, falta planejamento para apresentação de propostas durante todo o ano. “Colocamos nossas solicitações, elas não são apreciadas a tempo e quando chega perto do fim do ano é que se quer acelerar a votação na casa. Isso vem sempre ocorrendo e é preciso maior organização de tempo no parlamento da capital, pontuou Emília.


Questionada sobre a antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara, a Vereadora disse que o ato é eminentemente político. “Existe uma lei que propõe a cada 2 anos a Eleição da Presidência e isso não está sendo cumprido. Neste caso a escolha só devia acontecer em dezembro de 2022 e não agora. Fui contra por não concordar com essa atitude”, afirmou.


Com relação a este ano de 2021, Emília Correa destacou que o trabalho foi intenso, apesar de ter poucas sessões presenciais. “Devido a pandemia ficamos muito tempo on-line. Justo, pois a covid-19 estava em alta. Mas aos poucos chegamos ao parlamento. E mesmo afastados fisicamente o trabalho não parou. Aliás, a fiscalização nunca deve parar. Sempre na ativa cobrando da Prefeitura”, alegou.


Perguntada sobre a possível ida dela ao PTB, a Vereadora disse que só teve conversas, mais nada acertado. “O Presidente do partido em Sergipe, Rodrigo Valadares, conversou comigo. Falou das propostas. No entanto disse que continuaria no Patriotas. A sigla quer avançar ainda mais em Sergipe. Este é o trabalho para o ano que vem, como quer a diretoria da executiva nacional”, lembrou Emília.


Ao final, sobre Eleições, a parlamentar de Aracaju disse que já dialogou com o partido e que o pensamento é o Congresso em Brasília, em uma das casas. “Na verdade, tenho pensamento para a pré-candidatura de Federal. Mas não descarto o Senado. Isso vai depender de muito dialogo e como estará o cenário para 2022”, descreveu.



Portal C8 Notícias

Fotos: Gilton Rosas