“O foco é uma instituição renovada”, diz Diretor do SergipePrevidência


Na manhã desta sexta-feira, dia 17, o Diretor-Presidente do SergipePrevidência, José Roberto de Lima Andrade, participou do Programa “Linha Direta” com Jairo Alves de Almeida. Ele falou sobre projetos da instituição e chamou a atenção de aposentados e pensionistas para realizar a prova de vida, evitando bloqueio de pagamento no final de cada mês.


No começo, José Roberto comentou sobre a prorrogação para as inscrições de médicos que desejam fazer parte do serviço de perícia da instituição. Os interessados devem procurar se inscrever até o dia 30 no site www.sergipeprevidencia.se.gov.br. “Atualmente temos 3 profissionais da perícia. Eles são responsáveis por avaliar as solicitações de pensão e aposentadorias. É um número pequeno, pois temos um grande quadro de segurados. Por isso estamos abrindo a inscrição dos que desejam atuar. Não tem uma quantidade especifica de médicos. Mas é preciso ficar atento ao novo prazo”, destacou.


Questionado sobre como os segurados tem acesso ao SergipePrevidência, o Diretor-Presidente disse que, mesmo após a retomada de serviços presenciais depois da pandemia, a procura aumentou por telefone, Whatsapp e aplicativo. “Cerca de 90% de nossos atendimentos já é feito por meio eletrônico. Claro que isso foi causado no período da covid-19. Mas não desprezamos quem quiser chegar lá para ser atendido. Mas quem deseja pode entrar em contato pelo telefone 3198-0800 ou pelo nosso Whatsapp 99191-6274. Outro canal é pelo aplicativo ‘Meu RTPS’ e pelo e-mail atendimento@sergipeprevidencia.se.gov.br”, salientou José Roberto.


Sobre a prova de vida, ele lembrou que os aniversariantes de junho devem fazer o procedimento até o dia 30, também de forma eletrônica. “É fundamental que as pessoas seguradas busquem fazer esse serviço, pois é desagradável ter que fazer o bloqueio. Caso isso ocorra, pode entrar em contato que a liberação é automática. Mas é importante antes fazer o recadastramento de forma eletrônica, sem precisar se deslocar para nossa sede”, alertou.


Ao final, José Roberto de Lima Andrade chamou a atenção de projetos para os aposentados e pensionistas da instituição. Um deles diz respeito ao “CoralPrev”, um grupo de usuários da instituição que usam o canto coral para se apresentarem em vários locais. “É uma proposta nova, de acolher os nossos idosos e pensionistas. Temos já o Teatro Atheneu, onde já agradecemos a Conceição Vieira da Funcap por ceder o local. Fora isso estamos querendo também formar um grupo de teatro. Temos grupos de psicoterapia e demais atividades. Enfim, são muitos projetos. A intenção é é formar uma instituição renovada, onde não seja apenas para ir reclamar sobre salario ou contracheque. Queremos um espaço de inclusão das pessoas que serviram ao Estado por muitos anos”, argumentou.



Portal C8 Notícias

Foto: Ascom SergipePrevidência