“O ‘chegou pra resolver’ foi o maior estelionato eleitoral de Sergipe”, diz Valadares Filho


No início da tarde desta terça-feira, dia 20, o Presidente Estadual do Partido Socialista Brasileiro e ex-deputado-federal Valadares Filho, foi o entrevistado do Programa “Cultura News”. Entre os assuntos abordados, a organização da sigla para 2022 e o cenário eleitoral, além de críticas a gestão estadual e de Aracaju.


Valadares Filho lembrou que o PSB está se organizando e fortalecendo as bases para que 2022 seja uma sigla forte. “O partido tem um legado político muito intenso, seja com minha atuação na Câmara, com a atuação do Senador Valadares, prefeitos, deputados e vereadores. Nós chegamos ao segundo turno em 3 eleições consecutivas. Isso mostra a confiança do eleitorado em nosso grupo. Somo oposição construtiva e estamos nos organizando com muita cautela para os próximos desafios”, lembrou Valadares Filho.


O ex-deputado federal destacou a vitória do partido em cidades importantes, como na terra natal da família Valadares, Simão Dias. “Enquanto muitos cantavam vitória para o nosso adversário, o PSB elegeu o Prefeito Cristiano Viana. Em outras cidades temos prefeitos e vários vereadores. Prova de que nosso grupo é de disputa para cargos em diversos níveis”, destacou.


Sobre 2022, o Presidente do partido em Sergipe disse que a meta é formar bancada na Assembleia e a retomada da ocupação de uma cadeira na Câmara dos Deputados. “Posso sim ser uma das opções. Ainda é muito cedo para tomar decisões, mas estamos nos articulando com outros nomes. Mas o desafio será bem-vindo para representar Sergipe de novo no Congresso. Vamos agora ver como será a questão da reforma eleitoral”, disse Valadares.


Questionado sobre a gestão do Governador Belivaldo Chagas, Valadares Filho não poupou críticas e afirmou que quase nenhuma promessa de campanha foi colocado em pratica. “O slogan do então candidato Belivaldo, o ‘Chegou pra Resolver’, sem sombra de dúvidas foi a maior estelionato eleitoral da história, um verdadeiro fake news. No evento da Orla Sul ele disse que resolveu o que tinha. Mas resolveu o que mesmo? Os mais pobres tiveram uma melhora? Houve revolução na área do emprego? Da educação? Ele anunciou reforma de estradas, mas 60% estão abandonadas, sem acostamento. Coisas sem planejamento. Governo que bateu cabeça na pandemia. Não deu ouvidos ao comitê científico. Antes se reuniam semanalmente, depois de 15 em 15 e agora é quando ele quer. Recebeu muita verba e pouco foi investido. Está ai o resultado, o profundo caos”, desabafou.


Da mesma forma as críticas formam ao Prefeito Edvaldo Nogueira. Para ele, houve pouco empenho no caso da pandemia da covid-19 na capital. “Deu pra perceber claramente que era um copiar colar do Governo aqui em Aracaju. Não havia uma ação independente. Vacinação que poderia ser bem mais planejada. E sem contar com os problemas detectados no Hospital de Campanha e a tragédia do Hospital da Zona Norte. A gestão precisa dar respostas, pois não tem transparência e só se preocupa com o marketing”, declarou Valadares.


Ao final o Presidente do PSB em Sergipe fala como será o apoio a disputa eleitoral nacional de 2022. Para Valadares Filho, a sigla estará do lado do progresso. “Sempre defenderemos a democracia, da vacina, da ciência, de todos os meios que possamos superar essa crise e crescer. Desde Miguel Arraes temos valores a defender no PSB. Estamos participando de diálogos com partidos progressistas. O foco é defender uma frente ampla. Vivemos em um momento tenso em todas as áreas. Devemos fortalecer a nossa arranhada democracia e ser verdadeira oposição ao Governo Bolsonaro que não teve planejamento em nada”, pontuou.



Portal C8 Notícias

Foto: Assessoria / Divulgação