“Nunca vimos um aparato de segurança igual”, criticou Georgeo


O Deputado Estadual Georgeo Passos, do Cidadania, foi entrevistado na manhã desta quarta-feira, dia 23, no “Linha Direta”. O parlamentar fez um resumo dos projetos aprovados ontem na Alese, lamentou que categorias saíram perdendo e também falou sobre o rumo do partido para outubro deste ano.


Segundo o parlamentar, todos os projetos foram aprovados, mas que, no entendimento dele, não serão benéficos aos servidores. “O dia 22 de março de 2022 será para o povo sergipano esquecer. Nunca vimos um aparato de segurança como estava ontem cercando o prédio da Alese, sem que ninguém da sociedade tivesse acesso. Nem mesmo a imprensa pode acompanhar os trabalhos. No entanto, haviam 4 pessoas do Governo que estavam no plenário”, lamentou Georgeo.


Questionado sobre o reajuste de 7% para os policiais, o deputado disse que o valor não cobre nem a inflação. “Não dá pra entender como os policiais tiveram só esse percentual, se a inflação acumulada de 2021 foi de mais de 10%. Outros trabalhadores ficaram com apenas 5%. Ou seja a grande maioria ficou no prejuízo”, pontuou.


Com relação a regência dos professores, o parlamentar disse que uma pessoa que contribuiu toda uma vida sobre a remuneração não sairá ganhando totalmente. “Os profissionais recebem a regência de classe há anos, contribuem, mas infelizmente não tiveram vitória. O Governo alegou falta de recursos para pagar a lei do piso. A solução foi mágica através de gratificações”, destacou Passos.


Ao final o Deputado falou sobre politica, uma vez que o Senador Alessandro Vieira deixou o Cidadania e seguiu para o PSDB. Para Georgeo, as siglas caminharão unidas. “Cidadania e PSDB deverão andar juntos até as próximas eleições para prefeito. Eu permaneço no Cidadania e sou pré-candidato a seguir na Alese. Continuaremos fortalecendo a sigla no interior e, ao mesmo tempo, buscando os nomes para pré-candidatura ao Governo. No que depender do nosso partido, Alessandro pode ser o nome forte”, afirmou.


Resposta do Governo


Durante o “Linha Direta”, o Superintendente de Comunicação do Governo Givaldo Ricardo disse que o Governo saiu satisfeito com as aprovações, em especial, dos servidores que há anos vinham buscando aumento de seus vencimentos. “O Governador Belivaldo Chagas já se mostrou agradecido a Alese. Nós demos voz e vez as categorias com pouca expressividade. Uma pena que alguns segmentos quiseram politizar o ato de ontem, mas no geral todos saíram ganhado”, afirmou.




Portal C8 Notícias

Foto: César de Oliveira/Agência Alese