Nossa Senhora Aparecida é celebrada na Arquidiocese de Aracaju



O dia 12 de Outubro é dedicado à Nossa Senhora Aparecida. Na Arquidiocese de Aracaju, três paróquias celebraram as festividades alusivas a Rainha e Padroeira do Brasil, nos bairros Farolândia, Bugio e na Cidade de N.S Aparecida. De forma presencial, os fiéis devotos e romeiros participaram das celebrações eucarísticas, miniprocissões, carreatas e romarias, que marcam a tradicional festa.


A devoção a Nossa Senhora Aparecida nasce após uma imagem ser encontrada em outubro de 1717, por três pescadores no Rio Paraíba do Sul em São Paulo. Ela foi guardada em uma pequena capela. Entretanto, a quantidade de romeiros atraídos pelos inúmeros relatos de milagres da imagem de Nossa Senhora foi tão grande que em pouco tempo o local se transformou em uma cidade: Aparecida.


No bairro Farolândia, o Padre João Claudio, pároco da Paróquia, relata a felicidade ao encontrar seus paroquianos que colaboraram fielmente todas as noites de novena e, principalmente na festa. “Gratidão a todos os paroquianos que estão dispostos a ajudar neste grandioso ato de fé da padroeira. O evento aconteceu com o apoio da comunidade e benfeitores devotos da Mãe Aparecida, que não mediram esforços para sua realização”, destacou o Sacerdote.


Uma pequena Romaria marcou o dia 12 na cidade de N.S Aparecida, no agreste sergipano. Na madrugada, os romeiros saíram de cidades vizinhas por volta das 2 da manhã, com destino a Igreja Matriz da cidade. O missionário redentorista e pároco da paróquia, Padre Felipe Serafin destacou que a festa é de tradicional importância para os católicos. “Celebrar Nossa Senhora Aparecida é recorrer a sua proteção e amparo no dia a dia. Aqui nesta cidade, pude perceber como é forte a devoção a Nossa Senhora. A cidade celebra, com fé, amor e devoção a Padroeira do Brasil”, disse o redentorista.


Já no Santuário, localizado no Bugio, os fiéis devotos participaram de uma vasta programação, com celebrações desde as seis da manhã, finalizando à tarde com uma grande carreata pela zona norte da Capital. Para o atual Reitor, Padre Jadilson Andrade, foi um ato de comunhão, agradecimento e fraternidade com a comunidade. “Momento de profunda gratidão a toda comunidade que fervorosamente participou deste dozenário. Realizamos uma linda festa. Vale ressaltar que a minha ultima à frente do Santuário. Deixo a comunidade com a sensação de dever cumprido e pronto para próxima missão”, exaltou o Padre.


Por: Portal C8 Notícias