“Na política a intenção é fazer a diferença e incentivar os outros”, diz Natália Dalto


Na manhã desta quarta-feira, dia 15, a Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Aracaju Natália Dalto, participou do Programa “Linha Direta” com Jairo Alves de Almeida. Ela comentou sobre a situação de muitos menores que vivem nas ruas da capital e também destacou que está na pretensão de entrar no meio político neste ano.


No começo ela falou da situação de muitas famílias que vivem em um estado de grande vulnerabilidade na capital sergipana. Para ela, é um dos graves problemas sociais que toda a sociedade brasileira vem enfrentando. “neste momento de pandemia mais branda vemos a pobreza diante de nossos olhos. A mendicância aumentou bastante em Aracaju e não só aqui na nossa cidade. É um problema que atinge a toda sociedade”, lamentou.


Natália Dalto afirmou que a criança e o adolescente devem ser a prioridade de todo o serviço público e que elas jamais devem estar à margem da sociedade. “Um adulto pedir por necessidade é uma problemática que vemos no dia a dia. Mas quando o pedinte é um menor, isso já é um problema apontado no Estatuto da Criança e do Adolescente. Isso não é permitido e é bom que a comunidade possa evitar dar esmolas, mas informar aos órgãos sobre a situação. É preocupante ver pessoas com crianças de colo nos cruzamentos”, destacou.


Para a Presidente do Conselho da Criança e Adolescente, este público precisa sempre ser tratada com foco na educação. “Criança e adolescente devem ser formados desde o principio. Não que eles não possam ser capacitados, mas dento de uma legalidade. E que não seja exploração”, pontuou.

Sobre a área da política, Natália disse que foi uma das fundadoras da Rede Sustentabilidade em Sergipe, partido que surgiu como nome de Marina Silva. “Sempre tive curiosidade em conhecer ela, até perceber que, se olharmos no mapa, Sergipe e Acre estão em lados opostos. Dai a minha vontade de conversar com ela. Marina foi minha inspiração para que a sigla fosse formada aqui”, destacou.


Questionada o motivo de continuar no meio político, ela afirma que sempre vão existir bons exemplos para seguir em frente. “Eu faço minha participação, já que vi o exemplo de Marina Silva na época. E agora eu estou passando o que aprendi. Na política a intenção é fazer a diferença e incentivar os outros. Só assim para termos nomes que são a diferença no meio”, comentou.


Ao final, Natália Dalto disse que é pré-candidata a Deputada Federal pelo partido Democrático Trabalhista (PDT). Para ela, a sigla tem muita história e ação. “Ver a memória de um grande politico como Leonel Brizola é realmente ter uma boa noção de se fazer a luta pelas ideais do bem. E agora estamos também com Ciro Gomes na pré-campanha à presidência. Vamos dialogando para que as propostas possam ser apresentadas”, finalizou.



Portal C8 Notícias

Fotos: Rozendo Aragão