“Não existe plano B. Continuamos com Valmir”, lembra Amorim


Na manhã desta terça-feira, dia 26, o Programa “Linha Direta”, apresentado por Jairo Alves de Almeida entrevistou o pré-candidato ao Senado da República pelo PL Eduardo Amorim. Ele comentou sobre a continuidade de sua meta politica para este ano e destacou como o grupo está se comportando na reta final antes das convenções.


No começo ele reafirmou que mantém a pré-candidatura para buscar o retorno ao Senado Federal. “lá atrás talvez tivesse outro pensamento político, mas agora a missão e continuar no Poder Legislativo, ajudando o Estado de Sergipe a se manter fortalecido e buscando meios de retirar nossa terra da crise em que se encontra”, destacou Amorim.


Questionado sobre como está acompanhando o momento atual no estado, o pré-candidato disse que Sergipe necessita de avanços. “O Estado pede socorro urgente. Ficamos para trás em diversos aspectos. Tínhamos geração de empregos e hoje vemos a fome bater à porta. Isso é para ser revertido de forma urgente. Sergipe atualmente é o quinto mais pobre do país. Nossa terra tem de tudo para modificar isso”, lembrou.


Eduardo Amorim disse que o pensamento na pré-candidatura ao Senado é a esperança em dias melhores para Sergipe e o Brasil. “Por isso que busco dialogar com todos os sergipanos. E o pedido é o mesmo, de mudança. É para isso que devemos continuar no dialogo com todo o agrupamento”, explicou.


O pré-candidato ao Senado esteve no último domingo, dia 24, com o pré-candidato ao Governo, Valmir de Francisquinho, no Rio de Janeiro, para acompanhar o lançamento da candidatura a reeleição do Presidente Jair Bolsonaro. Para Amorim, foi um momento de grande reflexão. “O Maracananzinho estava repleto de pessoas, que entenderam a mensagem o Presidente. O nome de Valmir foi citado, mostrado que ele é a representação de Bolsonaro no estado”, comentou.


Sobre vice na chapa de Valmir, Eduardo Amorim disse que está tudo encaminhado para ser Emília Correia. Para ele, a chapa mostra a força da política do interior sergipano. “Temos eu e Valmir de Itabaiana e ela de Lagarto, representando duas das maiores cidades de Sergipe. É uma chapa bem sergipana, das origens. Isso mostra a força que o povo do interior tem”, descreveu.


Ao final o pré-candidato foi perguntado se a escolha de Emília seria uma estratégia, uma vez que Valmir de Francisquinho ainda tem que lutar junto ao Tribunal Superior Eleitoral para reverter a situação julgada em junho. Para ele, não existe outra opção. “Digo com toda a convicção que tenho. Não existe plano B. Continuamos com Valmir. E ele já está encampando todos os meios para mudar a decisão. Dia 05 de agosto Valmir lançará a candidatura em definitivo”, finalizou Amorim.



Portal C8 Notícias

Fotos: Rozendo Aragão