Mulher é presa em Lagarto após golpe milionário


A Delegacia Regional de Lagarto deflagrou nesta quarta-feira, dia 08, a Operação Hemera. O resultado do trabalho foi a prisão uma mulher suspeita de operar uma espécie de esquema que movimentou mais de R$ 1 milhão A ação é conhecida popularmente como “pirâmide”.


Ela foi presa em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. A suposta golpista atuava em uma loja no ramo do comércio de queijos na cidade de Lagarto e atraía pessoas a partir de ofertas de lucros exorbitantes. As vítimas recebiam os valores prometidos, o que as estimulava a fazer elevados aportes financeiros. Após o recebimento das vantagens econômicas, a investigada passou a alegar dificuldades financeiras para não pagar os valores acordados.


A investigação aponta que não é a primeira vez que a mulher fez esse golpe. Ela já foi presa em Alagoas, também pela Polícia Civil de Sergipe. No estado vizinho ela foi detida após aplicar as mesmas fraudes, desta vez utilizando-se de uma empresa de açaí, que causou prejuízo estimado de R$ 2 milhões.


As pessoas que se foram prejudicadas com o golpe devem procurar a Polícia Civil, a fim de ajudar com mais informações e a continuidade da investigação.



Portal C8 Notícias

Fotos: Ascom SSP/SE