MPF pede o fim de aglomerações nas agências da Caixa


O Ministério Público Federal em Sergipe emitiu pedido a Caixa Econômica Federal. O objetivo é que a instituição financeira possa promover meios para se evitar longas filas e aglomerações nas agências de todo estado.


No documento, o Ministério Público Federal pede que o banco possa fazer o trabalho de evitar as grandes concentrações de pessoas, em especial em dias de pagamento de benefícios à população. Por meio de ação judicial, a Caixa e o Estado são obrigados a cumprir os protocolos de se evitar a presença de muitas pessoas ao mesmo tempo nas agências.


Da parte da Caixa, o Ministério Público Federal exige a presença de funcionários para organizar a fila e solicitar que as pessoas cumpram as marcações de distanciamento. Já o Estado de Sergipe deverá promover policiamento e dispersar aglomerações.


Segundo inspeções feitas em duas agências, não foram localizados funcionários que pudessem auxiliar as pessoas a seguirem as regras de distanciamento. Em caso de descumprimento, a instituição financeira poderá pagar multa civil emitida pela Justiça Federal no valor de R$ 100 mil. Em nota, a Caixa disse que está seguindo todas as determinações sanitárias e solicitadas pelo Ministério Público Federal.



Portal C8 Notícias

Foto: Agência Brasil