• rjesussantos132

Movimento diz que não deixará ocupação João Mulungu até que famílias tenham moradias dignas


Na manhã desta quinta-feira, 13, manifestantes ocuparam o prédio em reforma da Câmara Municipal de Aracaju, como reinvindicação para que a Mesa Diretora aceite o debate acerca de um projeto que será apresentado pelo movimento Movimento de Luta nos Bairros (MLB). O objetivo do PL é garantir moradia para mais de duzentas famílias desabrigadas da ocupação João Mulungu. Para Alana Nascimento, coordenadora do movimento, a luta está apenas começando, mas grandes passos foram dados nesta manhã. “Conseguimos o que a gente queria: uma conversa com os vereadores. Vamos começar um diálogo sobre um Projeto de Lei de desapropriação do prédio da ocupação João Mulungu. Nós só sairemos do prédio ocupado há seis meses quando as mais de 200 famílias tiverem moradia” ressalta.


O vereador e presidente da CMA, Josenito Vitale (PSD), recebeu os manifestantes. De acordo com a assessoria do parlamentar, o objetivo foi atendido, e o canal de conversa foi aberto com demais vereadores. “Ficou acertado com os ocupantes que o Pastor Diego vai apresentar à Comissão de Direitos Humanos um requerimento para Audiência Pública, com a participação da Secretaria de Ação Social do município, para mostrar as reivindicações das famílias”, destacou Eliz Moura.





O prédio reivindicado está ocupado pelo grupo desde novembro de 2020, ao lado da Assembleia Legislativa. O motivo do ato foi também para relembrar a luta travada por João Mulungu, um líder quilombola, que nasceu em Laranjeiras e ficou conhecido nacionalmente.

Por Portal C8 Notícias

Fotos: Assessoria CMA