Motoristas e cobradores da Modelo voltam ao trabalho


No final da manhã desta terça-feira, dia 24, os trabalhadores do Grupo Modelo decidiram retomar as atividades no transporte coletivo da capital. Eles realizaram uma paralisação no entorno do Terminal do Mercado, com o objetivo de cobrar pagamento atrasado de salários e benefícios.


Alguns dos trabalhadores chegaram a relatar que não recebem o pagamento de forma pontual, o que estava provocando o atraso nas contas domésticas e até a falta de comida em casa. Representantes da empresa de ônibus estiveram reunidos com os rodoviários. Depois da promessa de parte do pagamento ser liberado, a paralisação foi encerrada.


Também no fim da manhã o Sindicato das Empresas do Transporte de Aracaju (Setransp) emitiu nota sobre a situação. A entidade confirma que 20 linhas do transporte coletivo foram prejudicadas pela paralisação temporária. Também foi confirmado o atraso de salários. Para a entidade, existem várias dificuldades no setor que vem sendo enfrentadas há anos.


O Setransp também lembrou que já recebeu da Prefeitura o aporte de quase R$ 5 milhões do valor destinado após a aprovação de medidas para a melhoria do sistema. Apesar disto, muito ainda precisa ser feito. “Essa medida, embora seja de grande valia, não resolve em totalidade o desequilíbrio econômico vivido pelo setor. É preciso que as autoridades públicas se somem a esse serviço que é essencial à população com outras providências, como por exemplo, a redução do ICMS do diesel que representa 18% do preço do combustível. Um insumo que ano passado chegou a subir 80% e este ano já acresceu mais de 40%”, destacou a representação dos donos de empresa.



Portal C8 Notícias

Foto: SMTT