Morre o Padre João Batista de Oliveira


A Arquidiocese de Aracaju comunica, com profundo pesar, o falecimento do padre João Batista Oliveira, na manhã desta quinta-feira (17), vitimado por uma grave infecção pulmonar decorrente da Covid-19. Ele estava hospitalizado há 26 dias, e teve o quadro de saúde agravado após sofrer um infarto. Com 69 anos de idade, completados no dia 5 de junho, o padre João Batista exercia o seu ministério como capelão da Capela Senhora Sant´Ana, no território da paróquia Santo Antônio e Almas, em Itabaiana-SE. No dia 24 de janeiro deste ano celebrou 41 anos de ordenação presbiteral.


A informação do falecimento do padre João Batista foi compartilhada pelo padre Marcos Rogério Vieira, pároco da paróquia Santo Antônio e Almas, e vigário episcopal do Vicariato São Lucas. “Durante 26 dias, ele permaneceu internado lutando pela vida, mas Deus o quis para mais perto Dele. Uma perda irreparável para nossa paróquia. Que Deus possa dar o conforto a todos os familiares, amigos e paroquianos”, disse o padre Marcos.

O Arcebispo Metropolitano, Dom João José Costa, também expressou seu pesar pelo falecimento do padre João Batista Oliveira: “Pedimos ao Senhor nosso Deus, fonte e origem de toda a vida, que acolha com misericórdia e conceda ao querido padre João o descanso eterno e a justa recompensa por tudo o que ensinou e fez".


O corpo do padre João Batista será velado, a partir do meio-dia, na matriz da paróquia Santo Antônio e Almas (Itabaiana-SE), mesmo local da Missa de corpo presente, às 16h. O sepultamento ocorrerá às 17h na Capela Senhora Sant´Ana. A Missa será Presidida por Dom João José Costa e transmitida pela Rádio Cultura (AM 670 e aplicativo) e pelas redes sociais da Paróquia @santoantonioealmas



Portal C8 Notícias

Texto: Carlos Barbosa

Foto: Ascom Arquidiocese de Aracaju