Júlio César de Vasconcelos é homenageado no “Gente de Sucesso”


Na manhã desta sexta-feira, dia 25, o Programa “Linha Direta” abriu espaço para o Quadro “Gente de Sucesso”. Sempre na última sexta de cada mês são homenageadas personalidades que contribuem para o crescimento do estado, a exemplo do Empresário Júlio César de Vasconcelos Silveira.


O homenageado é sergipano, com formação em Engenharia Civil pela Universidade Federal Sergipe. Conhecido como um empreendedor visionário, Júlio César viu a possibilidade de crescimento através do setor imobiliário. Ele começou a sua trajetória em obras públicas, mas em pouco tempo passou para o ramo da construção habitacionais em Sergipe e na Bahia, com mais de 90 empreendimentos e cerca de 20 mil unidades executadas.


Atualmente a Construtora União, de sua propriedade, está em entre as 100 maiores construtoras do país, de acordo com o ranking ITC de São Paulo. A empresa de Júlio César de Vasconcelos Silveira tem 38 anos de atuação. Ele também é Diretor da Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Empresarial de Sergipe (Ademi-SE).


Durante a homenagem, Júlio relembrou seu período do período de formatura nos anos 80. “Durante uma crise, surgiu oportunidade de abrir nossa empresa, pois não tínhamos espaço num mercado restrito. Na época tínhamos a Norcon, maior empresa de engenharia de Sergipe. Com incentivo da Família Teixeira, conseguimos formar a minha empresa em novembro de 1983”, recordou o empresário.


Questionado sobre a saída do setor público, Júlio César disse que pela falta de incentivos e continuidade, preferiu continuar na área particular. “Com muita luta e perseverança estamos aqui. Segui o exemplo cristão de meus pais e continuamos firme e forte investindo no setor de moradias”, comentou. Júlio César também homenageou os colaboradores da União e disse que não tem nenhuma pretensão político-partidária.


Sobre a relação de pandemia e setor imobiliário, ele confessou que a situação veio ser divisor de águas. “A covid-19 nos paralisou por 95 dias sem chance de produzir e trabalhar por força de liminar. Esse foi o fato inédito e Sergipe foi o único estado penalizado com isso. Nossos trabalhadores seguem todos os protocolos. Estamos enfrentando a pandemia, e mesmo assim o setor é forte. Vamos passar por isso, com adaptações, mas confio que teremos um setor mais forte”, declarou Júlio César.


Sobre a atuação da União, o empreendedor disse que está em Sergipe e na Bahia. “Além do estado vizinho, estamos em Aracaju e Região Metropolitana. Atendemos a classe mais popular até quem tem mais poder aquisitivo. Isso é um grande diferencial da nossa construtora”, afirmou.


Ao final, algumas pessoas falaram ao homenageado. Uma delas foi a esposa Analurdes, conhecida como Dude, a filha Lurdes Maria e o filho Mateus. “Ela sempre me deu forças em todos os momentos. Fizemos 34 anos de casados e ela sempre me incentivou. Já meu filho, o primogênito, é um grande orgulho para mim. E minha filha que passou uma situação difícil, mas é uma guerreira e tem fora. Sou feliz em todos os aspectos da vida”, lembrou o empresário



Portal C8 Notícias

Foto: Cláudio Leite