Igreja celebra os 39 anos da Sagração Episcopal de Dom José Palmeira Lessa


A Arquidiocese de Aracaju celebra, com grande júbilo, os 39 anos de Sagração Episcopal do arcebispo emérito, dom José Palmeira Lessa. A cerimônia ocorreu, precisamente, em 24 de agosto de 1982, Festa de São Bartolomeu, sob a presidência do Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, na catedral metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro. Mais de quatro mil pessoas participaram da solene celebração. O novo integrante do colégio episcopal brasileiro estava com 40 anos de idade. Dom Lessa foi nomeado pela Papa João Paulo II como bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro, onde permaneceu até 1987, ano em que foi nomeado como segundo bispo diocesano de Propriá. Ele assumiu a titularidade do governo episcopal da Arquidiocese de Aracaju em 1998, permanecendo até 2017. Seu lema episcopal é “Fraco com os fracos(Fragilis cum Fragilibus), inspirado na carta de São Paulo aos Coríntios. Disse Dom Lessa sobre o seu lema episcopal, durante a cerimônia: “A fraqueza é elemento constitutivo de cada pessoa. Também em Jesus, ela se manifestou como condição para que Ele vivesse o amor maior: dar mais de Deus imolando a própria vida. Nela e por ela, patrimônio da humanidade, Jesus se fez solidário com cada homem e mulher. Seu amor atraiu todos a Deus. De muitos e dispersos fez um povo ligado pelo seu espírito. A sua missão ainda hoje continua na história. Você e eu somos convidados a preferir a fraqueza de Jesus que em nós se manifesta, nela “gloriamo-nos”. Assim contribuímos para que a Seiva de Deus penetre em toda humanidade, transformando-a em uma só família, a partir da riqueza da graça que jorra da cruz preferida, amada e abraçada pelos cristãos”.

Portal C8 Notícias

Foto e fonte: Arquidiocese de Aracaju