Governo anuncia implantação do setor de hemodinâmica no Huse


O Governador Belivaldo Chagas, confirmou nesta quinta-feira, dia 28, a implantação do Setor de Hemodinâmica no Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse). Isso permitirá diagnosticar e tratar pacientes com problemas agudos, como infartos e AVC’s.


O chefe do executivo disse que o novo setor será de fundamental importância para o principal hospital público de Sergipe. “Reforçamos o nosso compromisso com a saúde pública do estado, já que a tecnologia em saúde é essencial. Vamos ofertar a criação de novas linhas de cuidados especiais para tratamento de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), que estão entre as doenças que mais matam no mundo. O Huse vai ter o aparelhamento mais moderno na medicina para salvar vidas, pois essa é a nossa missão, cuidar dos sergipanos”, afirma.


Esses serviços vão possibilitar ao Huse acesso à alta tecnologia em cuidados de neurologia clínica e cirúrgica, cardiologia e vascular, possibilitando uma qualidade de assistência e atendimento. O projeto também prevê a implantação de 10 leitos de preparação e recuperação cirúrgica.


O novo setor irá funcionar onde fica a oficina de recuperação de equipamentos da unidade. “Já escolhemos o local e determinamos que todas as providências sejam tomadas de imediato para que tenhamos mais este serviço de alta tecnologia até o final do ano”, explica o Governador.


Segundo a Secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, haverá qualificação de atendimentos. “O trabalho feito no Huse é constante. Temos um grande desafio de oferecer o melhor atendimento às pessoas que procuram o hospital e, para isso, estamos sempre buscando uma gestão eficiente, ampliando serviços e qualificando os profissionais”, enfatizou.


De acordo com a Superintendente da unidade, Adriana Meneses, a visita que o Governador fez ao Huse foi muito boa. “A hemodinâmica vai propiciar uma melhor assistência aos pacientes, que terão um diagnóstico e tratamento mais seguros e menos invasivos, reduzindo o tempo de recuperação”, destacou.



Portal C8 Notícias

Foto: SES