Georgeo Passos diz que CPI da Covid morrerá por falta de uma assinatura


Com 7 assinaturas, faltando apenas uma para a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid em Sergipe, o deputado estadual Georgeo Passos (CIDADANIA), afirmou em entrevista ao Linha Direta desta quarta-feira, 06, que a comissão não deverá sair da gaveta.


Segundo o parlamentar nos últimos 3 meses vem tentando explicar aos colegas sobre a importância da investigação dos recursos que foram utilizados durante a pandemia, como por exemplo na compra dos respiradores pelo consórcio nordeste, mas os deputados afirmaram que não é momento para CPI, que não há necessidade.


Georgeo Passos disse que lamentou mas respeita essa posição dos pares, pois é preciso apurar o caso da compra de respiradores pelo consórcio nordeste que não foram entregues, pois o estado teve um prejuízo de mais de 5 milhões de reais.


Ele disse ainda que estranhou é que o esse caso vem sendo investigado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em uma ação civil sob sigilo de justiça, fato que nunca foi visto em fatos semelhantes de cobrança.


Empréstimo para recuperação de rodovias


O deputado Georgeo Passos disse que estranhou ainda o empréstimo que o estado fará de 200 milhões de reais para recuperação de rodovias. Segundo ele o problema é que em uma das operações de empréstimo, de 100 milhões, junto a caixa, tem taxa de juros maior que o outro empréstimo, de também 100 milhões, feito com o Banco de Brasília. Ele disse que pediu explicações, mas não obteve respostas da bancada do governo do porque não foi feita a operação toda junto ao banco que cobra menor taxa.