“Falta organização ou sobra cautela na vacinação”, critica vereador


O atraso de obras na capital e a vacinação lenta foram pautas da entrevista do Vereador Ricardo Marques do Cidadania. Ele participou na manhã desta quinta-feira, dia 20, do Programa “Linha Direta” apresentado por Jairo Alves de Almeida.


O parlamentar da oposição comentou sobre o ritmo da vacinação contra a covid-19 na capital. Para ele, se comparado a outras capitais do porte de Aracaju, a cidade está bem atrasada. “Maceió, que é aqui perto da nossa realidade, praticamente encerrou a vacinação dos grupos prioritários e já vai imunizar 59 anos sem comorbidades. Aqui ainda estamos iniciando essa faixa. Ao total, mais de 133 mil pessoas já receberam as duas doses aqui e na capital alagoana mais de 300 mil. Isso é preocupante”, exclamou.


Ricardo Marques afirma que a Saúde de Aracaju pode estar segurando a vacina, com receio do que ocorreu há alguns dias, quando a produção da Coronavac foi suspensa e a cidade não teve a segunda dose. “Entendo que o Ministério da Saúde falhou nesse quesito, no entanto percebo que a gestão municipal pode estar com sobra de doses. Pelos cálculos, entre recebidas e aplicadas, são 288 mil doses em estoque. Ou falta organização ou sobra cautela para vacinar”, criticou o Vereador.


Ele também lembrou que falta planejamento para a vacinação contra a covid-19. “Dia desses fui ao drive-thru da Sementeira e estava bem vazio. Em contrapartida, postos de saúde cheios e poucos servidores. É preciso mais unidades e servidores que atendam a população de forma rápida”, detalhou Ricardo.


Outro ponto que o Vereador de Aracaju abordou foram as obras que sofrem atrasos e constante aumento de aditivos no orçamento. Ele citou a ciclovia da Avenida Augusto Franco que, após anos de trabalho, o serviço ainda não foi concluído. “Além desta situação, a obra não está bem feita. Converso com ciclistas e eles dizem que a pista está desnivelada e quando chove tem verdadeiras piscinas. O serviço total da via, que deveria ser feito com R$ 9 milhões, já está em R$ 14 milhões, segundo dados do Portal da Transparência. Falta mostrar essa informação à população que paga impostos”, exclamou.


Sobre política e 2022, o parlamentar aracajuano confirmou que tem boa conversa com os nomes do partido, com a Delegada Danielle Garcia e o Senador Alessandro Vieira, além de manter contatos com a Vereadora Emília Correa do Patriota. Ele também disse que o Cidadania já conversou com ele, mas não tem interesse em trocar a Câmara pela Assembleia ano que vem. “Estou há 4 meses como representante do povo de Aracaju. Tenho muito que estudar e aprende como político. Está muito cedo para falar disso, mas a sigla já comentou sobre esse caso, a fim de fortalecer o partido. Mesmo assim, ainda estou focado na atual legislatura”, comentou Ricardo Marques.



Portal C8 Notícias


Foto: Assessoria Parlamentar