Estado mantém toque de recolher, mas altera capacidade de público em eventos


O Superintendente de Comunicação do Estado, Givaldo Ricardo, falou no Linha Direta desta sexta-feira, 10, sobre as novas medidas de flexibilização da economia tomadas nesta quinta-feira (09), pelo Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae).


Segundo Givaldo o governador Belivaldo Chagas decidiu prorrogar as medidas de restrição e enfrentamento à Covid-19 em vigor, incluindo o toque de recolher aos sábados, realizando alterações apenas no que diz respeito à realização de eventos.


No entanto, com relação aos eventos, autorizou a realização de eventos sociais como os corporativos, condominiais, empresariais e formaturas, por exemplo, bem como vaquejadas, ampliando a capacidade de 200 para 300 pessoas, em ambientes internos, e de 300 para 500 pessoas, em ambientes externos, desde que observado o cumprimento de protocolo sanitário da Secretaria de Estado da Saúde .


No caso dos shows, festas artísticas, blocos e similares é necessária, também, a aprovação pela SES de projeto específico a ser elaborado e submetido pela organização do evento.


De acordo com o superintendente as medidas foram tomadas após constatação da redução significativa da média diária de novos casos de Covid-19 (68,2%), bem como de internações (30,1%) e mortes, com destaque para esta última, que chegou a zero nas últimas 96 horas.


Questionado sobre a volta do público em jogos de futebol a proibição segue mantida, em virtude do aguardo de definição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre o assunto.