Emoção marca velório de Reinaldo Moura na Alese


Centenas de pessoas compareceram na manha desta sexta-feira, dia 12, ao velório do Radialista e ex-Deputado Estadual Reinaldo Moura. O ato aconteceu na Assembleia Legislativa de Sergipe e foi marcado pela emoção e as recordações.


Além de familiares, amigos, políticos, comunicadores e colegas do esporte foram dar o último adeus a Reinaldo Moura, que faleceu neta quinta-feira, dia 11, aos 77 anos, vítima de uma aneurisma de aorta após passar por uma cirurgia de 10 horas. O filho e ex-Deputado Federal André Moura falou em nome da família. “Reinaldo por onde passou só fez o bem. Tanto é que na campanha de doação de sangue muitas pessoas se disponibilizaram para doar e manter ele vivo. Sem contar a sua passagem pelo radio e TV, esporte, politica e Tribunal de Contas. Vai deixar saudade para nós, e também para Sergipe”, recordou.


O Presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, lembrou a passagem de Reinaldo na politica. “Ele foi chefe deste parlamento. Tínhamos agradáveis conversas sobre o cenário politico do estado e do Brasil. Foi um grande nome que o estado perde”, destacou.


Nomes do Club Sportivo Sergipe, time de coração de Reinaldo, também estiveram no velório. Para o Presidente da agremiação, Ernani Sena, o clube “Mais Querido” perde mais que um ex-Presidente e conselheiro. “Perdemos um homem que amou o Sergipe até mesmo nos momentos mais difíceis. Somos muito gratos a Reinaldo Moura que engrandeceu o nosso clube e o futebol sergipano”, pontuou. O ex-jogador Pedro Costa disse que é treinador agora graças ao incentivo do ex-dirigente. “Reinaldo insistiu em mim até que topei o desafio e fui ser treinador. Perco um amigo e irmão que só fez o bem para todos”, destacou.


O Governo de Sergipe e a Prefeitura de Aracaju decretaram 3 dias de luto oficial. “Reinado Moura marcou época na imprensa sergipana (...) Tenho muito orgulho de ter sido Deputado junto com Reinaldo na Alese, um grande companheiro de jornadas para o desenvolvimento do estado”, descreveu o Governador Belivaldo Chagas em sua rede social. Já o Prefeito Edvaldo Nogueira disse que ouvia Reinaldo quando ainda morava em Alagoas. “Sai de Pão de Açúcar no fim dos anos 70 e ele já estava no auge da carreira radiofônica em Aracaju. E aos poucos vi a entrada dele também na politica. Que Deus possa confortar os familiares nesse momento”, comentou.


O corpo de Reinaldo Moura foi levado em cortejo da Assembleia Legislativa para o Estádio João Hora, sede do Sergipe, na Avenida Augusto Franco, onde teve uma rápida homenagem. Em seguida, ocorreu o translado para um crematório no município de Itaporanga D’Ajuda.


Portal C8 Notícias