Deputados decidem pela prorrogação do “Cartão Mais Inclusão”


O Governo do Estado está autorizado a dar continuidade ao programa “Cartão Mais Inclusão” (CMAIS) pelo período de 11 meses. A proposta foi um dos projetos aprovados na tarde desta terça-feira, dia 22, na Assembleia Legislativa.


Criado em abril de 2020, o benefício viabilizar o acesso à alimentação à população de grupos emergenciais que vivem em situação de extrema pobreza e insegurança alimentar e nutricional, consequentes da pandemia da covid-19. A partir da aprovação e sanção, o Governo do Estado iniciará os trâmites para o pagamento aos beneficiários inclusos nos grupos emergenciais.


O projeto também contempla a substituição das vagas abertas pelas famílias desligadas do cartão inseridas em outros programas federais ou estaduais, por novos beneficiários. De acordo com o Deputado e Líder do Governo na Alese, Zezinho Sobral, a transferência de renda do Governo Estadual já investiu cerca de R$ 50 milhões no combate à insegurança alimentar e nutricional de mais de 20 mil famílias de Sergipe. “O beneficio tem como objetivo melhorar as condições de vida e saúde da população mais vulnerável através da alimentação adequada, promover a cidadania e a elevação da renda da população que se encontra em situação de insegurança alimentar e nutricional”, afirmou o parlamentar.




Portal C8 Notícias

Foto: Agência Alese