Defesa Civil da capital atende demandas provocadas pela chuva


Por conta da chuva que ocorre deste domingo, a Defesa Civil de Aracaju está monitorando pontos de possíveis alagamentos e desmoronamento de terra. A intenção é auxiliar os moradores das áreas mais sensíveis da capital.


Segundo dados do Centro de Meteorologia, Aracaju registrou no domingo 91 milímetros de chuva. Este valor foi o esperado para todo o mês de agosto. Apesar disto, foram registrados algumas demandas, pois a precipitação foi moderada e durante todo o dia.


Segundo o Secretário Municipal da Defesa Social e da Cidadania, tenente-coronel Silvio Prado, as ocorrências registradas foram prontamente atendidas, sem necessidade de desalojar ou desabrigar pessoas. "Como já vinha sendo monitorado pela Defesa Civil, tivemos um domingo bastante chuvoso, na capital, com acumulado expressivo, considerando que, em agosto, não há histórico de chuva volumosa. Há expectativa de que a frente fria permaneça até ao quarta-feira, dia 17. Por isso, nossas equipes permanecem com atenção redobrada, em especial às áreas de risco", comentou.


Entre as situações atendidas pelo órgão, duas estiveram relacionadas a deslizamento de terra, no bairro Porto Dantas, porém sem danos significativos, com frequente monitoramento e orientação aos solicitantes. "Outras duas estiveram relacionadas a alagamentos, nos bairros 13 de Julho e Santa Maria. Também houve atendimento a ocorrência relacionada a queda de árvore, no bairro Lamarão. Para essas situações, houve articulação com a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb)", frisa o coordenador da Defesa Civil da capital Robson Rabelo.



Portal C8 Notícias

Fotos: Ascom Semdec