Declaração do Imposto de Renda começa na próxima segunda-feira


Após as festividades de Carnaval o brasileiro já começa definitivamente o ano com o compromisso da declaração do Imposto de Renda. Na manha desta quarta-feira, dia 02, o Programa “Linha Direta” entrevistou o contador Josevaldo Mota que falou sobre as novidades e o que é preciso para “acertar as contas com o leão”.


No inicio da entrevista, ele lembrou a todos os ouvintes sobre o prazo para declarar. “Nesta segunda-feira, dia 07 de março começa a declaração do Imposto de Renda. Todos os brasileiros que se encaixam nos requisitos tem até 29 de abril para acertar as contas. Por isso é interessante que cada um já deve ir juntando a documentação a fim de não deixar tudo para ultima hora”, destacou Josevaldo.


O contabilista também relembrou quem está obrigado a declarar à Receita Federal. “Quem trabalhou em 2021 e teve rendimentos superiores a R$ 28.559,70 está obrigado a declarar. Quem é isento e recebeu rendimentos a partir de R$ 40 mil tem que declarar também. Isso serve, por exemplo, quem ganha prêmios de loteria. Tem que declarar sempre o que render a cada ano”, lembrou.


Outro ponto é com relação aos bens e serviço que a pessoa usufrui. “É preciso acrescentar dados bancários, bens moveis ou imóveis, rendimento de transação bancaria, fundos de investimentos e até mesmo quem atua com bitcoin também quem que colocar na declaração”, alertou o contador.


Além de se preocupar em juntar todos os rendimentos, o declarante precisa também ficar de olho na documentação. “É preciso estar com o Titulo de Eleitor, CPF, dados de informes de rendimentos, documentos dos dependentes e se há viabilidade colocar ou não na declaração. Neste caso, as duas rendas, tanto do declarante como do dependente, pode entrar e ai ter mais imposto a pagar”, pontuou Josevaldo Mota.


Ao final ele lembrou a importância de sempre procurar um profissional regulamentado da área de contabilidade para auxiliar na declaração. “Apesar de todo o procedimento ser online, mas muitas pessoas ainda não tem a intimidade de realizar o procedimento. Por isso é fundamental procurar um contador regulamentado a fim de não ter dor de cabeça o entregar a declaração corretamente”, finalizou.




Portal C8 Notícias

Foto: Cláudio Leite