Corpo de ex-vereador deve chegar ao Brasil em até 15 dias


Os familiares do ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Arauá, Wagner Silva, informaram que o corpo dele deve chegar ao município em um prazo de 15 dias. Ele foi morto no último domingo, dia 29, em Paris. O ex-parlamentar morava na França desde 2020.


Natural de Salvador, Wagner passou praticamente toda a vida entre as cidades de Arauá e Umbaúba, no Sul de Sergipe. Na adolescência foi ao Rio de Janeiro, onde trabalhou em diversos locais até engajar no Exército Brasileiro. Foi a partir daí que ele começou a viajar para Europa.


Ao retornar ao Brasil, se candidatou a vereador de Arauá e venceu o pleito de 2016. Em 2020, chegou a se candidatar pelo Partido Liberal a Prefeitura da cidade, mas acabou sendo derrotado. Depois disto, ele foi morar em definitivo na capital francesa.


O Consulado do Brasil na França informou que o suspeito já foi preso, mas as autoridades não deram mais detalhes, a fim de não atrapalhar as investigações. Este também é o motivo para a demora da liberação do corpo do ex-vereador. O sepultamento deve acontecer no cemitério do município de Arauá.




Portal C8 Notícias

Foto: Rede social/divulgação